Pesquisar neste blogue

domingo, 15 de abril de 2012

Árvores

O consumo que fazemos de papel é uma coisa tão natural que nem mensuramos o dispêndio de  madeira para produzir aquelas folhas que nós usamos, muitas vezes, como experiência de impressão "só para ver como é que fica".
Vamos habituar-nos a ter a noção do resultado final no monitor: afinal é só "pré-visualizar".
video

Sem comentários:

Enviar um comentário