Pesquisar neste blogue

domingo, 17 de junho de 2012

Rio+20

Vinte anos depois depois da Cimeira do Rio (em 1992) - reconhecida cimeira ambiental internacional de onde saíram conselhos e resoluções internacionais para reduzir emissões de gases e outras substâncias tóxicas, limitantes da conservação da vida na Terra como a conhecemos, reconhecimento da água como recurso não renovável, assim como solo e recursos biológicos - tem lugar a Cimeira Rio+20, mais uma vez no Rio de Janeiro.
Os protocolos assinados não são decididos nos poucos dias da cimeira (neste caso 3 dias), mas resultam de acordos prévios, de longas conversações entre os estados envolvidos.
A separação entre os países desenvolvidos consumidores e os países onde ainda existem nichos riquíssimos de biodiversidade continua a existir e a ditar os acordos.
Acordos dificilmente cumpridos e a que algumas nações nem consideram aderir (caso dos EUA, Canadá, Austrália e Rússia  no Protocolo de Quioto).
Podemos aceder a informações sobre a Rio+20 aqui.
Fica um vídeo sobre a energia que faz mover todas as decisões ambientais (e não só):
video



Sem comentários:

Enviar um comentário